Como escolher uma distribuidora de músicas?

A cada dia, as mídias digitais ganham mais espaço, trazendo a necessidade de maior compreensão sobre o funcionamento deste mercado e os mecanismos de divulgação das músicas nas plataformas digitais. Nesse contexto, surgem as distribuidoras, responsáveis por levar as músicas ao público e gerenciar os rendimentos do trabalho musical.

Considerando que há uma infinidade de empresas que realizam esses serviços, o artista se vê em um grande dilema: Como escolher a melhor distribuidora de músicas? Essa é uma questão polêmica e que pode ser facilitada com a adoção de algumas estratégias: 

Avaliar as Plataformas que receberão a música 

Da venda de faixas e álbuns ao streaming, são muitas as empresas que oferecem serviços de distribuição digital, tornando necessário que os editores e artistas independentes saibam dos seus direitos e das suas opções, para que possam procurar e definir pela distribuidora ou prestadora de serviços que melhor corresponder às suas necessidades.

A globalização e a tecnologia trouxeram uma oferta imensa de opções, isso faz com que não seja tão fácil a compreensão de todas as implicações e regras da distribuição digital. Por isso, é muito importante saber antecipadamente quais as plataformas mais acessadas pelos usuários, quais as mais populares em preços e acessos gratuitos, onde as distribuidoras normalmente disponibilizam as músicas, etc, para saber se o direcionamento está de acordo com o seu público e qual será o provável alcance da distribuição.

Analisar as formas de gerenciamento da Distribuidora

As distribuidoras fornecem aos assinantes, acesso aos dados de navegação das plataformas. Uma banda ou artista terá acesso a informações de quem é o seu público mais engajado e do quanto a divulgação das músicas está sendo eficiente. É possível medir, de acordo com determinados recortes, em que localidades estão os fãs mais interessados em sua música,  a faixa etária e artistas de destaque que ouvem suas músicas.

Com essas informações nas mãos, é possível traçar novos modelos de comunicação com os visitantes, organizar shows em regiões onde se te maior número de acessos, fazer promoções e lançamentos exclusivos para esse público, por exemplo. É muito importante que se tenha uma avaliação completa do gerenciamento das distribuidoras para saber como são controladas as informações sensíveis (rentabilidade, alcance, número de acessos, vendas), já que elas serão as balizadoras do marketing de divulgação.

Avaliar o Preço e a participação nos Royalties

Planejar o orçamento é fundamental para evitar gastos desnecessários ou além do que foi planejado. Por isso é importante ler atentamente os planos e termos de cada distribuidora, além disso, se certificar de que os serviços oferecidos se adequam aos seus objetivos, quantidade de recursos e necessidades.

Cada plataforma tem seus planos próprios de arrecadação e distribuição de royalties, por isso a importância em se fazer uma pesquisa antecipada. As taxas mais comuns a todas elas, são:

  • Uma taxa anual
  • Uma taxa fixa por álbum / single
  • Uma porcentagem sobre as vendas (10% a 25%)

A partir disso, caberá uma avaliação geral de custo pela distribuição e benefícios que poderão ser percebidos com a aquisição do serviço.

Verificar o portfólio de trabalhos da Distribuidora

Antes de contratar qualquer serviço é preciso verificar a qualidade dos trabalhos já realizados para ter maior segurança no resultado. Buscar empresas que tenham portfólios de qualidade, recomendações de outras pessoas que também contrataram o serviço e ficaram satisfeitas, será uma grande tática para não ter surpresas desagradáveis. Por isso, essa é uma etapa da análise fundamental na contratação da melhor alternativa.

Como em toda compra, a negociação e a escolha dos serviços que uma distribuidora de músicas oferece, faz parte de um conjunto de itens que devem ser observados. As distribuidoras possuem diferenças entre si de preços e serviços agregados, não cabendo aqui juízo de valor acerca de qual é a empresa melhor ou qual é a pior.

Cabe apenas ressaltar, que a escolha mais adequada será aquela que passar pelo crivo das estratégias já mencionadas e estiver pautada nos objetivos e recursos do artista.

 

 

E aí, gostou? A Discmídia tem tudo o que você precisa para distribuir sua música. Peça agora o seu orçamento e confira as nossas promoções!!! 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *