É importante fazer um Videoclipe?

O sonho de todo artista é viver da própria música e ver seu trabalho aparecer como destaque nas principais paradas de sucesso.

Diante de um cenário com tantas opções de bandas, é comum surgir dúvidas sobre o que fazer para impulsionar a carreira e conseguir espaço no mercado. 

O Videoclipe é um dos recursos mais utilizados para esta finalidade porque apresenta boas vantagens no que tange à abrangência de divulgação das músicas e à interação entre o artista e o público.

Embora muitos critiquem a verdadeira eficácia desse investimento, fazer um Videoclipe é muito importante e representa um grande avanço na carreira. Continue lendo esse post e confira o porquê!

 

É importante fazer um Videoclipe?

Utilizando sons e imagens, o Videoclipe consegue aumentar substancialmente o alcance ao público e gera três vezes mais engajamento nas principais mídias de comunicação. 

Esse sucesso deve-se à combinação de estímulos, que conseguem trabalhar diferentes regiões do cérebro e despertam a atenção de quem está assistindo.

Muito mais do que a ativação dos sentidos visão e audição, os Videoclipes vieram com o intuito de trabalhar a emoção do público, de forma a construir um vínculo entre o artista e os seus fãs.

No momento em que uma pessoa tem contato com uma produção musical de áudio e vídeo, não só ela está formando uma percepção do conteúdo que está sendo divulgado mas também está reagindo emocionalmente à mensagem, construindo na sua mente subconsciente uma memória permanente da situação.

Dessa forma, dificilmente a música cairá no esquecimento e se a experiência de interação for marcante, a qualquer estímulo a pessoa se lembrará do artista.

É por isso que nas Redes Sociais os vídeos geram mais curtidas, comentários e compartilhamentos do que imagens. Há uma receptividade maior porque o recurso desperta com mais intensidade a área sensorial do cérebro.

E é uma opção que está ao alcance de todos que estejam dispostos a fazê-la, a menos que as objeções sejam mais fortes do que o próprio objetivo.

 

Principais objeções à produção de Videoclipes

Muitos artistas vão pensar em diferentes motivos para não investir na produção de Videoclipes. Abaixo estão 3 objeções simples, que podem ser revertidas a partir de um novo ponto vista.

1ª É muito caro fazer um Videoclipe.

Depende do que você está querendo produzir. Há diversos tipos de Videoclipes, desde os mais simples até os que custam milhões em investimento. Tudo é possível desde que você tenha em mente o seu objetivo e quais os recursos necessários para concretizá-lo.

Há pessoas que fizeram sucesso gastando pouco porque trabalharam em uma ideia inovadora, já em outros casos, o artista aplica um grande orçamento que não apresenta bons resultados. No fim das contas, depende é da essência do trabalho e da disposição em fazer algo novo.

 

2ª Eu não tenho recursos disponíveis para investir.

Essa é uma objeção que se tornou inaceitável após a publicação do post sobre financiamento coletivo, que consiste em uma modalidade de arrecadação de recursos via internet, muito utilizada atualmente.

Para acessar o post, clique no link a seguir: Tudo o que você precisa saber sobre Financiamento Coletivo

 

3ª É muito difícil produzir um roteiro profissional.

Para quem deseja alcançar um objetivo, não há tarefa que seja difícil. Mesmo sem experiência para elaborar um roteiro profissional, basta descrever a essência da ideia e contratar um profissional para formalizar uma estrutura ou, na pior das hipóteses, há muita informação na internet que pode servir de auxílio.

 

Não há motivos que justifiquem a sua falta de ação, quando não há limites para a sua criatividade. Trabalhe e construa os seus sonhos, porque se eles podem ser imaginados, certamente podem ser concretizados!

 

E aí, gostou? Acesse agora o nosso site e confira os serviços da Discmídia!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *