O que é prensagem de CD?

O sonho de todo artista é gravar um CD e fazer sucesso com as suas músicas. No entanto, na hora de colocar o projeto em prática, surgem dúvidas comuns de quem está iniciando, como por exemplo, como escolher um estúdio de gravação, como divulgar a sua música, como fazer a arte do CD, etc. 

Nesse post vamos esclarecer uma dúvida muito recorrente: O que é prensagem de CD? Continue lendo e conheça essa modalidade.

O que é prensagem de CD?

A prensagem de CD é um processo industrial de multiplicação de um disco matriz, no qual todas as cópias são idênticas à original. É um trabalho que resulta em uma mídia de alta qualidade devido ao nível de detalhamento na reprodução dos dados e na complexidade dos processos que compõem as etapas da produção.

A empresa que está produzindo os CDs insere metadados sobre a propriedade intelectual da obra (ISRCs) e sobre a fabricação em si, tornando o produto final bem seguro. Alguns leitores rejeitam mídias ópticas duplicadas devido à qualidade inferior, por isso, a segurança na fabricação do CD é fundamental e a prensagem assegura esse padrão.

Como funciona a prensagem de CD

Os processos de prensagem de CD ocorrem na sequência de etapas a seguir:

1ª – A empresa que realiza a prensagem recebe o conteúdo original que será reproduzido, já masterizado e em um arquivo chamado imagem de disco

2ª – As informações são transferidas para o Master, um disco óptico de vidro que contém relevos altos e baixos que representam 0 e 1 da codificação binária e nos quais serão gravados os dados para reprodução. 

3ª – O disco Master gerado passa por processos de limpeza que serão realizados com produtos químicos adequados à situação. Em seguida, recebe um material sensível à luz e um feixe de laser cria as trilhas com os pits e lands (representantes da informação binária). 

4ª – Nessa etapa, o disco Master é mergulhado em Níquel para formar uma camada de superfície metalizada até atingir uma determinada espessura e ser separada da parte de vidro. Essa matriz metálica é conhecida como Stamper e é nele que ficam gravadas as informações que serão multiplicadas.

5ª – O Stamper é então colocado no molde de uma máquina injetora para transferir suas informações ao policarbonato (material muito utilizado na fabricação de mídias ópticas). 

6ª – As mídias ópticas de policarbonato recebem uma camada fina e espelhada de alumínio no processo chamado metalização, para permitir que o laser da mídia possa ler corretamente as informações. Também recebem uma camada de verniz para proteger a mídia e facilitar a impressão de rótulos. A partir daí, os CDs já estão prontos para ser embalados.

Embora seja um processo um pouco mais demorado e com o custo ligeiramente maior, a qualidade é de altíssimo nível e compensa o investimento. Os CDs saem perfeitos e idênticos à matriz original.

Prensagem de CD x Duplicação: Qual devo escolher?

Muitos se perguntam qual seria o melhor processo de fabricação dos CDs, se prensagem ou duplicação. Ambas modalidades possuem vantagens e desvantagens, mas a escolha deverá ser pautada nos objetivos de cada artista. Vamos a uma breve explicação sobre o funcionamento do processo de duplicação, já que agora conhecemos todos os detalhes da prensagem. 

Na duplicação, a mídia matriz é colocada em um gravador a laser que apenas duplica as informações para outras mídias ópticas. Como resultado temos a produção de muitas cópias em uma velocidade muito maior do que a prensagem, entretanto, a qualidade deixa um pouco a desejar.

Muitas lojas de varejo não aceitam CDs para venda se forem duplicados devido à baixa qualidade do produto, e por isso, se o objetivo for exclusivamente comercial deve-se adotar a prensagem. Por outro lado, se o objetivo for a distribuição gratuita nos shows ou amostra nos demais eventos, a duplicação é  uma alternativa que ficará mais em conta para o cantor.

Por isso, avalie bem o seu objetivo e faça a melhor escolha!!!

 

E aí, decidiu produzir o seu CD? Solicite agora o seu orçamento e tire o seu sonho do papel!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *